Uruguai

Uruguai 1
Plaza Independência – Montevidéu

No ano passado resolvi passar o Carnaval no Uruguai e gostei tanto da experiência, que voltei este ano. Pra começar você nem precisa levar muito dinheiro, já que o cartão de crédito é aceito em quase todos os lugares. Inclusive, turista tem 10 a 20% de desconto em restaurantes quando pagam com cartão de crédito. E quando quiser ou precisar trocar, é melhor fazer isso nas casas de câmbio do centro ou shoppings. No aeroporto é mais caro. A moeda uruguaia é mais desvalorizada que o real, então eu troquei 300 reais por 2500 pesos uruguaios. Você pode alugar um carro pra ir de uma cidade pra outra, ou andar de Uber, quando estiver em Montevidéu.

Montevidéu é uma cidade ótima de andar, com a maior qualidade de vida entre as latino-americanas e uma das 30 mais seguras do mundo. É super tranquilo caminhar à noite nos bairros Pocitos e Punta Carretas e adjacências.

A Ciudad Vieja (cidade velha) é cheia de casas coloniais e prédios art déco e o Mercado del Puerto, um antigo mercado portuário, tem várias churrascarias ótimas!

Uruguai 7
Arquitetura linda na Ciudad Vieja

El Palenque é uma dessas churrascarias e foi uma das melhores carnes que comi na vida. Vale à pena provar. Mercado del Puerto 1579, 11100 Montevidéu.

Um passeio legal pra quem está por lá é visitar uma vinícola. Fui na Bodega Bouza e amei! É um local bem bonito e agradável e você pode fazer uma visita guiada. O processo de produção é muito bem explicado e você vai tomando uma taça de prosecco ou vinho enquanto a guia mostra tudo. Delícia! Além do tour você pode ver também uma coleção de carros e motos (ou seriam lambretas?) antigos e fazer uma degustação no restaurante com vinhos da linha premium e almoçar por lá. O restaurante é lindo e a comida excelente. Você pode fazer uma reserva no próprio site da vinícola.

Uruguai 3
Produção de uvas da Bodega Bouza
Uruguai 2
Alguns dos carros antigos da vinícola

Além do El Palenque, fui a outros ótimos restaurantes em Montevidéu.

Bar Tabaré – Esse restaurante existe desde 1919 e, além de lindo, tem garçons super atenciosos e a comida é de babar, de tão boa. Fica na José Luis Zorrilla De San Martín 154.

Francis – É um restaurante aconchegante e tem de tudo um pouco no cardápio. A carne é bem gostosa. Luis de la Torre 502.

La Perdiz – Outro restaurante que tem como forte as carnes. O entrecot é sensacional. O endereço é Guipúzcoa 350.

Negroni – Considerado um dos melhores bares de Montevidéu, tem ótimos drinks e muita gente bonita. Guipúzcoa 352.

BocaNegra Vinos & Tapas – Como o nome já diz, é um bar de vinhos e tapas. Bem gostosinho, com ótima carta de vinhos e boa variedade de petiscos. José Ellauri & F. García Cortinas.

Brickell – Até a meia noite, funciona como um pub, com bebidas e comidinhas pra beliscar. Depois os garçons tiram as mesas e o bar vira uma pista de dança com ótima música e gente bonita que dança até cansar. Constituyente & Juan Manuel Blanes.

Fiquei hospedada no Pocitos Plaza Hotel, um 4 estrelas com quarto e banheiro espaçosos, sauna e academia (que não usei), café da manhã e da tarde, e água aromatizada na recepção à vontade. Um ótimo custo/benefício. Fiz a reserva pelo Booking. O endereço do hotel é Juan Benito Blanco 640.

Você pode ir de Montevidéu até Punta del Leste de ônibus, barco ou avião, mas o melhor é alugar um carro. Você pega no aeroporto e entrega em alguns dos pontos da cidade. Alugamos pela Rental Cars.

Punta del Leste é considerado um dos balneários mais luxuosos da América do Sul. Fica a 130 km de Montevidéu e é frequentado por ricos e famosos de vários países, principalmente Brasil e Argentina. Tem restaurantes de alta gastronomia, cassinos e lojas de grifes famosas. Mas é frequentado também por meros mortais, como eu. E não deixa a desejar.

Uruguai 4

A cidade é bem bonita e além das marcas de grifes, também tem lojas com artesanato local bem no centro da cidade. O porto também é um ótimo lugar pra ir, com vários bares em volta e fofos leões-marinhos, que se alimentam pertinho dos turista e muitas vezes sobem no cais. Mas tem que tomar cuidado, pois alguns podem morder.

Nas duas vezes que fui em Punta, não fiquei em hotel. Uma das vezes fui hóspede da amiga de um amigo, que nos emprestou a casa, e em outra aluguei um apartamento ótimo e bem localizado pelo Airbnb. Fiz um post um tempo atrás aqui.

Uruguai 5
Vista do meu apê em Punta

Um dos pontos turísticos de Punta é La Mano, ou Los Dedos, uma escultura de cinco dedos que parecem estar emergindo da areia e fica localizada na Praia Brava. Tem sempre muito turista e, particularmente, não achei muita graça. Deve ser melhor pra tirar fotos de manhã bem cedo, antes de encher de gente em volta.

Fui conhecer o cassino do Hotel Conrad e até me deu vontade de jogar, mas acabei desistindo. Quem sabe um dia não jogo em Las Vegas? Ou Monte Carlo! De qualquer jeito foi interessante ver as pessoas apostando, bebendo e se divertindo. É um ótimo local people watching.

José Ignacio é um vilarejo que fica a 40 km de Punta e tem duas praias: Playa Mansa e Playa Brava. Nomes bem sugestivos, não? Fui na Brava e ela é linda e tem a água super gelada. Só tive coragem de molhar os pés. Almocei no Parador La Huella, um restaurante delicioso e super concorrido. Não vá sem fazer reserva ou vai ter que esperar, no mínimo, uma hora na fila. O Parador é bem bonito, estilo praia, com pratos deliciosos. Comi um peixe incrível lá. Fiz a reserva no site do restaurante. Calle de Los Cisnes, 20402 José Ignacio.

Outros ótimos restaurantes em Punta.

Virazón Puerto – Ambiente legal, é grande e espaçoso. O risoto que comi estava delicioso. Casa Los Barcos, Virazon, 20100.

Lo de Tere – Lugar super charmoso com um cardápio reduzido, mas ótimo.  Comi um raviole com a massa feita com tinta de lula e recheio de caranguejo, servido com molho de camarões e vinho branco. Divino! A carta de vinhos não deixa a desejar. Rambla del Puerto c/Calle 21.

Uruguai 6
Meu prato no Lo de Tere

Um dos passeios mais disputados em punta del Leste é assistir ao por do sol na Casapueblo. Casapueblo é a antiga casa de verão do artista plástico e arquiteto uruguaio Carlos Páez Vilaró. Agora ela abriga um museu, uma galeria de arte e o Hotel Casapueblo. O lugar é escultural, diferente e lindo. Apesar de ser muito cheio de turistas, é emocionante assistir ao por do sol dali, ouvindo o poema “Ceremonia del Sol” recitado pelo próprio Vilaró. É uma experiência única!

Uruguai 10
Casapueblo
Uruguai 11
Por do Sol visto da Casapueblo

Outra cidade ótima de conhecer no Uruguai é Colonia del Sacramento. É pequena, romântica e super lindinha. Apesar do tamanho, tem museus, um farol com vista linda da cidade, porto de iates e ótimos restaurantes.

La Casa de Jorge Páez Vilaró Gallery & Restaurant – É um restaurante de família, pequeno, lindo e com obras do artista plástico Jorge Paez Vilaró (irmão do Carlos) nas paredes de pedra. A comida é uma delícia! O único porem é que não aceita cartão de crédito. Misiones de los Tapes 65, Barrio Historico.

Uruguai 9
Obras do pintor Jorge Páez Vilaró no restaurante de mesmo nome

Outra opção ótima de restaurante é o Charco Bistro, que fica no El Charco Hotel. Comi picanha de cordeiro com molho pesto de pistache e quase lambi o prato, de tão bom! San Pedro 116.

Colonia del Sacramento foi fundada por portugueses e seu centro histórico, mais conhecido como Casco Histórico, foi tombado como Patrimônio Mundial Pela UNESCO. É uma delícia caminhar pelas ruas de pedra e chegar na Calle de los Suspiros, uma das mais famosas da cidade.

Uruguai 14
Ruas de pedra de Colonia

De lá, é só ir ao farol, subir e apreciar a vista da cidade. O Paseo de San Gabriel fica cheio de gente ao entardecer para assistir a um por do sol de tirar o fôlego de tão lindo.

Uruguai 13
De cima do farol você tem essa vista linda
Uruguai 12
Precisa de legenda?

Em Colonia fiquei hospedada na Posada El Capullo, que fica pertinho do centro histórico. A pousada tem quartos amplos, piscina, jardins e aluguel de bicicletas. Você pode fazer reservas por aqui ou pelo Booking. 18 de Julio 219.

O Uruguai é um ótimo lugar pra passar férias fora do Brasil sem gastar muito. É aconchegante, seguro e o povo é bastante simpático. E dá pra se entender tranquilamente em portunhol. 😉

 

Autor: dicasdamon

Meu nome é Mônica e adoro viajar, ler, assistir a filmes e séries e sair com os amigos. Adoro artes e amo a obra de Van Ghog.

2 comentários em “Uruguai”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s