Paris – Dia 2

Quando você viaja para um lugar que já conhece, não tem aquela obrigação de ir nos pontos turísticos mais visados, e consequentemente, mais cheios. Como foi minha segunda vez em Paris e a quarta ou quinta de Adriana, resolvemos tirar o dia para andar pela cidade e fazer umas comprinhas.

Aconteceu um contratempo: o celular da minha amiga morreu. Então tivemos que ir na Apple pra ela resolver o problema. Como era perto do Ópera Garnier, resolvi conhecer o teatro por dentro enquanto ela comprava outro celular. Mas eu fui a Paris na semana do Paris Fashion Week. E estava acontecendo um evento do Fashion Week justamente no teatro. :/ O endereço é Place de l’Opéra, 75009.

Fiquei só com o gostinho de ver por fora e fui na Galeries Lafayette, que também era a poucos minutos da Apple. A Galeries Lafayette é uma loja de departamento francesa belíssima em estilo art nouveau que abriga as grandes marcas de grife como Dior, Chanel, Prada, mas também tem lojas mais acessíveis como Zara e Topshop. Fiquei passeando por lá enquanto esperava Adriana e acabei comprando umas coisinhas. Meu consumismo maior é com livros, mas não tive como resistir ao apelo da loja. O endereço mais famoso fica na 40 Boulevard Haussmann, 75009.

Europa 146
Não sou muito boa de selfie, mas acho que dá pra ter uma pequena ideia da loja
Europa 157
Adriana e eu no telhado da Galeries Lafayette

Saímos de lá e fomos almoçar no Café de la Paix, que fica em frente ao Ópera Garnier. Esse restaurante foi aberto em 1862 e foi ponto encontro de artistas, intelectuais e escritores na época. Hoje ele continua atrativo tanto aos parisienses como para os turistas. Apesar do garçom mal humorado (eles são uma instituição em Paris), a comida estava ótima. O Café de la Paix fica na 5 Place de l’Opéra, 75009.

Europa 165
Minha deliciosa salada

Nós não estávamos inclinadas a enfrentar uma fila gigante para entrar no Louvre, então resolvemos passear pelo Jardin des Tuileries, que fica bem pertinho do museu. O Tuileries é o jardim mais central de Paris. E um dos mais bonitos. Tem o Arco e o Jardim do Carrossel, além de várias esculturas espalhadas. As árvores são meticulosamente podadas e tem um laguinho cheio de cadeiras em volta, onde os adultos descansam e as crianças brincam. Vale à pena passear por lá num dia de sol. 113 Rue de Rivoli, 75001.

Europa 178
Céu azul no outono!
Europa 192
Não é porque não entrei no Louvre que não fui tirar foto na pirâmide

Paris é uma cidade muito fácil de caminhar. Dá pra fazer quase tudo a pé. E se você estiver cansado ou com preguiça, a malha de metrô lhe leva pra todo lugar. Depois que saímos do Tuileries fomos caminhar ao longo do Sena. Acho a cor dele, verde, incrível. Geralmente os rios são barrentos, mas o Sena é especial. Têm várias barraquinhas às margens do rio que vendem de tudo. Livros, gravuras, comida. Além disso é fácil encontrar alguém tocando algum instrumento e fazendo a alegria dos turistas. E por que não, dos locais também.

Europa 203
Lindo por do sol no Sena

Já à noite e com fome, resolvemos ir jantar no le Relais de l’Entrecôte, restaurante que tentamos ir no dia que chegamos e não conseguimos. O restaurante foi fundado em 1959 e nunca mudou sua fórmula. É um restaurante de um prato só. Salada verde com nozes, entrecôte (contra-filé) com molho especial e secreto, e batatas fritas. O restaurante não aceita reservas e ficamos mais ou menos, meia hora na fila. Quando entramos nos puseram numa mesa minúscula, mas isso não tira o charme do restaurante. A garçonete só perguntou o que iríamos beber (vinho, lógico!) e qual ponto da carne preferíamos. Com o vinho ela trouxe uma cesta de pães e a salada. Gostosinha, mas nada de mais. Em seguida veio o prato principal. Achei delicioso! O ponto da carne do jeito que eu gosto e o molho tem um sabor diferente e muito gostoso. Depois que a gente acaba de comer a garçonete repõe a carne uma vez e as batatas quantas vezes você quiser. Claro que não sobrou espaço pra sobremesa. Aliás, as sobremesas e bebidas são as únicas coisas que variam no restaurante. Apesar da fila, eu adorei! São três endereços em Paris: 101, Boulevard du Montparnasse; 15, rue Marbeuf; 20, rue Saint-Benoît.

Europa 212
Salada verde com nozes
Europa 214
O prato principal

Outro dia eu falo do Museu do Louvre, que visitei na primeira vez que vi Paris.

 

Autor: dicasdamon

Meu nome é Mônica e adoro viajar, ler, assistir a filmes e séries e sair com os amigos. Adoro artes e amo a obra de Van Ghog.

Uma consideração sobre “Paris – Dia 2”

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s