Desonra

Desonra, do escritor sul-africano J. M. Coetzee, é um livro incômodo. Embora a escrita seja bem fluida e simples, o tema é bastante complexo. Aliás, acho que Desgraça seria um título mais apropriado para o livro, já que é a tradução do título original (Disgrace).

David Lurie, um professor universitário de 52 anos, duas vezes divorciado, vive na Cidade do Cabo, na África do Sul pós-apartheid onde, embora não haja mais segregação, existem muitos conflitos e ressentimentos raciais. Falei que o nome Desgraça seria mais apropriado para o livro porque é o que acontece com Lurie, logo após seduzir meio que a força uma de suas alunas e o caso ser revelado à universidade. David recusa-se a se desculpar pelo acontecido e é forçado a pedir demissão. Uma vez sem emprego, vai morar no campo com a filha Lucy, onde deseja terminar uma peça de teatro sobre os anos que Lord Byron passara na Itália.

Só consegui sentir certa empatia pelo personagem principal já perto do final do livro, depois que certo acontecimento muda a vida de Lurie e de sua filha por completo. Como disse, o livro é bastante incômodo de ler. Trata de abuso sexual, maus-tratos contra animais, violência, racismo.

Fazia tempos que um livro não me despertava tanta raiva e vontade de dar uma boa sacudida em um personagem. Embora seja muito interessante, principalmente porque trata de uma cultura diferente da que estamos acostumados a ver, Desonra não é um livro fácil. É seco, duro e o final é um soco no estômago, daqueles bem dados.

Autor: dicasdamon

Meu nome é Mônica e adoro viajar, ler, assistir a filmes e séries e sair com os amigos. Adoro artes e amo a obra de Van Ghog.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s