Oktoberfest

Uma das coisas que me fez viajar para a Alemanha no início de outubro foi a famosa Oktoberfest, que sempre tive curiosidade em conhecer.

A Oktoberfest (Festa de Outubro, em Alemão) é um festival de cerveja criado em 1810 pelo rei Ludwig I para celebrar seu casamento.

No dia que fomos ao festival, embora o dia estivesse bastante nublado, a chuva resolveu dar uma trégua. A festa é realizada no parque Theresienwiese, que foi assim batizado em homenagem à noiva de Ludwig I, a princesa Teresa de Saxe-Hildburghausen.

O parque fica longe do centro e do nosso hotel, mas como tínhamos trem a toda hora, num instante chegamos lá. Confesso que fiquei impressionada com a estrutura da festa. Imaginava um pavilhão enorme cheio de biergarten com pessoas comendo e bebendo cerveja à vontade.

Realmente isso acontece, mas a Oktoberfest vai muito além de comer e beber cerveja. A estrutura da festa é sensacional. Além das inúmeras cervejarias, você encontra parques de diversão, barraquinhas vendendo brinquedos e guloseimas, lojas de souvenirs, além de fazerem gincanas para divertir as pessoas. Você não paga para entrar no parque, só o que for consumir.

Apesar do dia nublado, que delícia de aglomeração

Muitos alemães (e alguns turistas também) se vestem com o tradicional traje da Bavária. O vestido é chamado de Dirndl, e o conjunto masculino tem o nome de Lederhosen. Soube que o conjunto masculino tem versão em bermuda e calça, mas só vi homens de bermuda. Aquele povo não sente frio! Devia estar uns 10 a 12 graus no dia.

Em algumas das cervejarias é cobrada uma espécie de caução, caso o consumidor resolva levar o copo pra casa. Até me deu vontade de levar o meu, mas sair carregando um copo de 500 ml de vidro durante a festa inteira não me pareceu aprazível e resolvi devolver e pegar meu dinheiro de volta.

Olha o tamanho do copinho

Além das cervejarias menores, há enormes pavilhões cheios de músicas e dançarinos. No que fiquei teve de tudo, inclusive música brasileira. E você encontra gente de todos os lugares do mundo. Todo mundo canta, dança, bebe e come junto. É muito divertido!

Que linda aglomeração!
Casal alemão super simpático que sentou conosco
Aqui tem um litro de cerveja
Não poderia faltar a típica linguiça alemã

Depois de 1,5 l de cerveja, eu decidi que era corajosa o suficiente pra andar num brinquedo que você senta numa cadeira e vai girando até chegar no alto. Uma moça estava usando scarpin e teve que deixar o sapato embaixo. Vai que voasse e machucasse alguém.

Eu andei nisso aí e morro de medo de altura. O que bebida não faz
Foto que tirei do alto. Gente, que medo!

Eu fiquei agradavelmente surpresa com a Oktoberfest. Claro que sempre tem uns bêbados pelo caminho, mas o alto astral e a alegria da festa superam tudo.

Por causa da pandemia, em 2020 não teve Oktoberfest. Vamos torcer pra que tudo fique bem de novo e que todo mundo possa desfrutar novamente dessa maravilhosa festa.

Autor: dicasdamon

Meu nome é Mônica e adoro viajar, ler, assistir a filmes e séries e sair com os amigos. Adoro artes e amo a obra de Van Ghog.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s