Londres – Dia 5

No nosso quinta dia em Londres, o tempo estava ensolarado e com muito vento. Muito mesmo!

Depois do café da manhã fomos comprar ingressos para a Torre de Londres, ou The Tower, para os britânicos, que é um lugar fascinante, onde já foi fortaleza, prisão e moradia da realeza. Já fiz um post sobre a Torre aqui.

Europa 1177
Torre de Londres

Compramos os ingressos para a tarde e seguimos andando até a Tower Bridge. A construção da Tower Bridge iniciou em 21 de Junho de 1886 e foi inaugurada em 30 de Junho de 1894, oito ando depois. É uma ponte móvel e até hoje levanta suas básculas para dar passagem a embarcações que navegam pelo rio Tâmisa. A ponte foi projetada pelo arquiteto Sir Horace Jones, e mede 244 metros de comprimento e 42 metros de altura.

Você pode atravessar a Tower Bridge de uma lado a outro sem pagar nada, mas pode também visitar a Tower Bridge Exhibition, onde verá uma breve história da construção, além de atravessar a ponte por cima e ter uma bela vista da cidade. O ingresso para Tower Bridge Exhibition pode ser comprado aqui.

Europa 1231
A ponte mais linda do mundo.

Decidimos não subir na ponte, só atravessá-la, e fomos almoçar no restaurante The Ivy Tower Bridge. The Ivy é uma rede de restaurantes em Londres, queridinha de várias celebridades. Cada restaurante tem uma proposta. Tem os mais sofisticados, os mais charmosos, os mais casuais. O The Ivy Tower Bridge é casual e sofisticado ao mesmo tempo. E o melhor, a comida é ótima! Além da vista incrível que temos da bela Tower Bridge. Você pode reservar aqui, mas fomos sem reserva e foi super tranquilo. Fica em One Tower Bridge, Tower Bridge Rd, London SE1 2AA, Reino Unido.

Europa 1253
Brinde com vista

Depois do nosso delicioso almoço, aí sim, fomos visitar a Torre. Como eu disse anteriormente, já havia falado dela aqui.

De lá fomos a Fortnum & Mason, uma loja de departamentos de luxo que foi fundada em 1707 por William Fortnum e Hugh Mason. Nós fomos lá pra tomar o famoso afternoon tea, ou chá da tarde, mas é um divertimento passear pelos diversos departamentos da loja observando as louças, todos os tipos de chá, biscoito, as lindas hampers (cestas para picnic) e várias outras coisas.

A loja é belíssima e possui o Royal Warrant, certificado que é dado pela rainha Elizabeth II, pelo príncipe Phillip ou pelo príncipe Charles a lojas selecionadas. Este selo garante que o estabelecimento possui confiança real. Mesmo que você não vá comer ou comprar nada, vale à pena dar uma olhada. A rainha manda comprar seus chás e acompanhamentos lá.

Nós tomamos chá no Diamond Jubilee Tea Salon, reinaugurado em 2012 pela própria Rainha Elizabeth e as Duquesas de Cambridge (Kate Middleton) e Cornwall (Camilla Parker-Bowles).

Esse salão é lindo e o ambiente é agradabilíssimo, com um músico tocando lindas canções no piano. Além disso, o chá é delicioso. Escolhi o Vanilla Nougath e tomei umas quatro xícaras. É chá que não acaba mais. Ele vem acompanhado de finger sandwichs (sanduíches fininhos feitos com pepino, queijo, presunto, cenoura), scones (uma espécie de pãozinho feito de trigo, cevada ou aveia) e vários doces. Além de geléia, manteiga, requeijão cremoso. É tudo muito gostoso, e você ainda pode acrescentar uma (ou mais) taça de champanhe, que foi o que fiz. Todos os sanduíches, scones e docinhos podem ser repostos. É só você pedir. O chá completo (sem o champanhe) custa 55 libras e você pode reservar aqui. O endereço principal é 81 Piccadilly, pertinho de Picadilly Circus.

Europa 1279
Relógio maravilhoso na fachada da Fortnum & Mason

 

Europa 1283
Quero essa louça pra mim!!!

Da Fortnum & Mason seguimos para o teatro para assistirmos ao musical Motown. O musical foi cancelado em abril, por isso não vou deixar detalhes aqui. Mas sempre que for a Londres vá assistir a algum musical ou peça. É sempre muito bom.

Abaixo mais algumas fotos.

Europa 1192
Europa 1238
O prédio arrendondado da esquerda é a prefeitura de Londres e o pontudo é o Shard, o edifício mais alto da Europa
Europa 1246
The Tower, vista do outro lado da ponte

 

Rye – Inglaterra

Eu sempre gostei de história medieval e de ler e assistir a séries e filmes de época. Então, quando planejamos a viagem para França e Inglaterra, resolvi incluir Rye no roteiro. Desde que ouvi falar nela, e em sua famosa pousada, a Mermaid Inn, tive curiosidade em conhecer.

Europa 524
Mermaid Street

Rye é uma pequena cidade localizada em East Sussex, na Inglaterra, bem pertinho do Canal da Mancha, e fica a dois quilômetros do mar aberto. Não cheguei a ir até a praia, mas a vi do alto. A cidade fica a cerca de 100 km de Londres e você chega lá de trem ou carro. Como cheguei de Paris de trem, logo em seguida já peguei outro para Rye. O bom foi que nem saímos da estação. Chegamos na London St Pancras International e de lá pegamos um trem para a estação Ashford International. Rye é muito pequena e não há um trem direto pra lá. De Ashford pegamos um outro para Rye. A estação fica bem no centro da cidade.

Europa 511
Centrinho de Rye

Rye é um encanto de cidade. Passeando por lá você se sente dentro de um livro de Jane Austen ou num episódio de Downton Abbey. E não precisa de muito tempo para explorar a cidade, já que ela é bem pequena. Tem cerca de 5000 habitantes.

Fomos andando pra pousada, que fica bem pertinho da estação, e logo de cara já dá para se encantar por ela. Imagine ficar hospedada numa pousada do século XV! O Brasil nem existia ainda. Mas falo da pousada depois.

Depois de nos instalarmos fomos explorar a cidade. Bem pertinho da Mermaid Inn tem um café super fofo chamado The Cobbles Tea Room. Ele foi construido em 1826 e tem bolos deliciosos. Escolhi o victoria cake, que é um bolo feito com manteiga e geleia de morango e, apesar das várias calorias (ou por causa disso), é super gostoso. Fica na 1 Hylands Yard, Off The Mint.

De lá fomos para o Castelo de Rye, também conhecido como Ypres Tower. Ele foi construído no século XIII, para defender a cidade dos ataques constantes dos franceses e é bem pequeno. Dá pra ver tudo em, no máximo, uma hora. Mesmo assim vale à pena, principalmente quando você sobe até a varanda do castelo, de onde você tem uma vista da cidade.

Mas a vista do castelo não é a mais bonita. A melhor é a da igreja anglicana Church of St. Mary. Durante os meses de abril a outubro você pode subir na torre e ter as vistas mais lindas da cidade. Do alto você percebe como Rye é encantadora! Dá pra ver o mar, o rio e as colinas. Do lado de fora da igreja fica a Church Square, um lugar cheio de árvores e diversas sepulturas. E há sepulturas muito, muito antigas. Você se sente dentro de uma história medieval. Achei o lugar lindo!

Europa 599
Vista da torre da igreja
Europa 598
Outro ângulo
Europa 535
Me sentindo em Downton Abbey

A cidade é cheia de antiquários e lojinhas fofas que vende cerâmica local. Dá pra comprar uns presentinhos legais. Eu comprei uns sabonetes artesanais lindinhos. E cheirosos. Rye é uma cidade para ser explorada devagar. Existem várias casas que não possuem números, mas nomes. Tem várias casinhas da era eduardiana, com seus tijolinhos vermelhos e casas bem mais antigas, da era Tudor, brancas, com vigas de madeiras escuras. Lembrei muito da série Emma.

Europa 533

Europa 547
Quero morar aqui!

Como havíamos acordado muito cedo pra viajar, resolvemos voltar pra pousada por volta das 6 da tarde para descansarmos um pouco. Quando acordamos já era quase 10 da noite e saímos pra jantar. Eu disse que Rye é uma cidade bem pequena. As cozinhas dos restaurantes estavam TODAS fechadas. Na pousada só estavam servindo bebidas, não havia nem mesmo um tira-gosto. Saímos pela cidade à procura de um restaurante, um café, um supermercado e tudo fechado. Acabamos encontrando um que ainda estava fechando, o Tuscan Rye, e explicamos pra dona que havíamos dormido e não sabíamos que os restaurantes fechavam tão cedo. Ela se apiedou da nossa cara de fome e resolveu falar com o marido, que era o Chef, pra ver se ele não podia preparar algo pra gente. Ele então fez uma carne suculenta com queijo e ervas finas e que comemos na companhia de um delicioso vinho. E ainda teve sorvete de pera de sobremesa. Eles foram muito gentis conosco. Além da comida ter sido aprovada, o restaurante é bem legal, com móveis rústicos de madeira escura e atmosfera aconchegante. Fica na 8 Lion St.

The Mermaid Inn

Essa pousada pra lá de graciosa, foi reconstruída em 1420, mas tem celas datadas de 1156, inclusive a adega é do século XII. Ela tem um restaurante premiado que serve comida britânica e francesa, um bar que possui uma passagem secreta (sério!), 31 quartos e estacionamento para 25 carros. O café da manhã é bem nutritivo. Servem frutas, sucos, iogurtes, porridge (uma espécie de mingau), ovos e torradas. Tudo bem gostoso. E o melhor, tem um staff super atencioso. Glenn foi nosso anjo da guarda em Rye.

Mas o mais incrível é que a pousada tem a reputação de ser assombrada. No século XVI, o bar era frequentado por contrabandistas de lã de ovelha e, supostamente tem passagens subterrâneas conectando a vários outros lugares da cidade. A decoração é rústica e apresenta uma grande viga de madeira suportada por pilares de pedra. E tem uma lareira grande e acolhedora.

Europa 718
Imagina tomar vinho aqui nas noites de inverno

Europa 670

Talvez a fama de assombrada seja por causa dessa gang de contrabandistas. Há vários relatos de ruídos inexplicáveis, cadeiras que balançam sozinhas, um homem que atravessa a porta do quarto 10 (não foi o meu) e uma dama de branco que aparece por lá de vez em quando. Particularmente não vi nada e passei uma noite bem tranquila na minha cama confortável.

The Mermaid Inn fica na Mermaid St, Rye TN31 7EY e você pode reservar um quarto aqui.

Quando você for na Inglaterra, reserve uma noite em Rye e se encante com a cidade e a pousada. Caso você não tenha medo de fantasmas.

Mais fotos da cidade abaixo.

Europa 696

Europa 706 (2)

Europa 712Europa 581

Europa 635